top of page

Anúncio falso movimenta de 10% a 30% do mercado e entra na mira da Senacon

Valor Econômico - 13 de novembro de 2023



Anúncios publicitários falsos se multiplicam em plataformas digitais e já tomam uma fatia importante do mercado, entre 10% e 30% do total veiculado. No primeiro semestre, quando o Brasil movimentou R$ 16,4 bilhões em campanhas digitais de marketing, os anúncios criminosos equivaleriam de R$ 1,6 bilhão, em uma visão conservadora, a quase R$ 5 bilhões, segundo estudo do Netlab, o laboratório de pesquisa da Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).


Os golpistas buscam consumidores em redes sociais, sites, plataformas de vídeo e mensagens. Esse tipo de crime entrou no foco da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão do Ministério da Justiça que vai subsidiar projetos de regulamentação das plataformas digitais no país, disse o secretário da Senacon, Wadih Damous, ao Valor.



Acesse o relatório


SENACON - Golpes, Fraudes e Desinformação na Publicidade Digital Desregulada
.pdf
Download PDF • 9.15MB

Comentarios


bottom of page