top of page

Conar conversa com redes sociais para tentar coibir anúncios falsos

Meio & Mensagem - 18 de dezembro de 2023



O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) está em conversas com as principais plataformas de redes sociais (Meta, Google e TikTok) para tentar restringir a veiculação de produtos fraudulentos.


A informação foi noticiada pelo próprio presidente do Conar, Sergio Pompílio, em reportagem veiculada na noite desse domingo, 17, no Fantástico, da TV Globo. O jornalístico detalhou como personalidades famosas, em sua maioria da própria Globo, têm tido sua imagem e voz utilizadas, via inteligência artificial, para a exibição de anúncios de produtos, como medicamentos e chás com propriedades curativas, sem comprovação científica.


A reportagem do Fantástico relatou que, em uma pesquisa realizada pelo NetLab, da Universidade Federal do Rio de Janeiro, mais de 5900 anúncios que usavam imagem e voz de artistas da Globo, de forma indevida, foram localizados nas redes sociais.


Essas peças publicitárias fazem uso de tecnologia deep fake e inteligência artificial para mostrar personalidades como William Bonner, Drauzio Varella, Ana Maria Braga e Marcos Mion recomendando remédios e outros produtos de saúde e estética.


Acesse o relatório


Publicidade online sem lei (NetLab, 2023)
.pdf
Download PDF • 11.14MB

Commentaires


bottom of page