top of page

Diretora do NetLab UFRJ discute desinformação em reunião do Conselho Nacional de Saúde


Mesa do debate do Conselho Nacional de Saúde (CNS)

A 352ª Reunião Ordinária do Conselho Nacional de Saúde (CNS), realizada na quarta-feira (13/03), em Brasília, reuniu especialistas e discutiu sobre a relevância do debate relacionado à desinformação e à saúde pública nacional atualmente. 


Marie Rose Santini, diretora Laboratório de Estudos de Internet e Redes Sociais da Universidade Federal do Rio de Janeiro (NetLab UFRJ), foi uma das convidadas e levantou pautas estudadas pelo grupo, como a necessidade de regulamentação das plataformas digitais e os efeitos da propagação de fake news online sobre saúde pública, especialmente no período da pandemia de Covid-19. 


“As vacinas e a vacinação são o alvo predileto das fake news sobre saúde porque, simbolizam de maneira muito forte ações coletivas e públicas de saúde, e assim são associadas no imaginário da maioria das pessoas.”, diz Rose Marie.


“No Brasil, a produção de desinformação sobre saúde é maior do que sobre qualquer outro setor”, diz a professora, citando o  monitoramento diário das redes sociais que o NetLab faz. “A saúde é a área mais difícil de ser atacada, porque é baseada em evidências, mas é a que mais sofre. Querem acabar com a ideia de saúde coletiva”, reforça.


Comments


bottom of page