top of page

Estudo afirma que Marcius Melhem lucra na internet em briga contra Dani Calabresa

Folha de S. Paulo - 10 de outubro de 2023



Um levantamento do NetLab, o Laboratório de Estudos de Internet e Mídias Sociais, vinculado à Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro, apontou que Marcius Melhem, réu por assédio sexual contra três mulheres, lucra com publicações nas redes sociais contra suas acusadoras.


O estudo foi produzido a partir da coleta e da análise de 77.898 publicações de redes sociais e de reportagens, publicadas entre dezembro de 2020 e junho de 2023, que mencionam palavras-chaves referentes ao caso, como o nome do humorista e o de Dani Calabresa, de acordo com a pesquisadora Marie Santini.


O levantamento apurou que, dos 75 vídeos no canal do YouTube do humorista, 65 são monetizados. O humorista relata que em abril, um mês após a publicação de seu primeiro vídeo no YouTube, recebeu uma proposta para inserção de peças publicitárias em seu canal. Segundo ele, o total arrecadado soma US$ 1.930 em seis meses, o equivalente a cerca de R$ 1.600 por mês, o que ele considera uma "migalha".



Acesse o relatório


Orquestração Multiplataforma da Misoginia (NetLab, 2023)
.pdf
Download PDF • 12.40MB




Comments


bottom of page