top of page

Golpistas usam anúncios em redes sociais e chatbots para cobrar por falsos benefícios

Terra - 19 de dezembro de 2023



Golpistas pagam por anúncios no Facebook e no Instagram que promovem sites que se passam por páginas do governo federal, onde vítimas são induzidas a pagar "tarifas" supostamente para receber benefícios, revelou um levantamento da Reuters.


Em vários casos, os fraudadores usam robôs que atendem clientes, os chatbots, para simular um atendimento personalizado, o que contribui para enganar as vítimas, de acordo com especialistas em segurança na internet.


Um relatório do Laboratório de Estudos de Internet e Redes Sociais da Universidade Federal do Rio De Janeiro (NetLab UFRJ) identificou que, entre julho e setembro, plataformas da Meta veicularam ao menos 1.817 anúncios fraudulentos com referência ao Desenrola.


Para Rose Marie Santini, coordenadora do Netlab, a moderação da Meta é "insuficiente", mas a empresa ainda é a mais transparente sobre anúncios em suas redes sociais. Golpes ocorrem em outras plataformas, mas nelas não há informações disponíveis de forma sistemática. "É uma caixa-preta", afirmou.


Acesse o relatório


Fraudes Desenrola 26 jul a 26 set
.pdf
Download PDF • 7.77MB



Comments


bottom of page