top of page

Google deu tratamento diferenciado a conteúdo do PL das Fake News, aponta estudo

Band - 28 de abril de 2023



Uma pesquisa elaborada pela UFRJ concluiu que o Google deu tratamento diferenciado ao conteúdo do PL das Fake News (PL 2630), que visa aumentar a vigilância nas redes sociais contra as notícias falsas. Segundo o estudo, a plataforma privilegiou resultados de busca que contém argumentos contrários à matéria.


Após apresentar os sites da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, o Google redireciona o usuário a um texto da própria empresa. O conteúdo é assinado pelo presidente da companhia no Brasil, Fabio Coelho, crítico ao projeto de lei.


A estratégia se repete em peças veiculadas no Facebook e Instagram. Segundo o NetLab, na página do Google Brasil é possível encontrar três anúncios iguais sobre o projeto de lei. Em um deles, o Google afirma que o projeto "não está pronto para ser votado".


Σχόλια


bottom of page