top of page

Negacionismo climático e desinformação online: uma revisão de escopo



Esforços de síntese de evidências vêm apontando para o avanço das formas organizadas de desinformação e negação do conhecimento científico sobre a mudança climática global. Em vários países do mundo, há um forte debate sobre a difusão dessas narrativas no ambiente online e seus impactos políticos, sociais e econômicos. Neste trabalho, realizamos uma revisão de escopo aplicada às bases Web of Science e Scopus, a fim de mapear como a literatura acadêmica internacional vem descrevendo as relações entre o negacionismo da ciência sobre mudanças climáticas e o uso de campanhas de desinformação no século XXI, assim como as possíveis lacunas e apontamentos desses estudos para a agenda de pesquisas.


Em todos os tipos de mídias estudados nos 31 artigos selecionados, foi identificada uma predominância de discursos contrários ao consenso científico sobre o tema, alavancada por campanhas de desinformação organizadas, inclusive, por atores governamentais. Observamos um crescimento significativo do campo nos últimos anos, assim como transformações estratégicas nas comunicações negacionistas tendendo a uma disputa maior da opinião pública sobre a ciência.


 

Como citar: Santini, R. M., & Barros, C. E. (2022). Negacionismo climático e desinformação online: uma revisão de escopo. Liinc Em Revista, 18(1), e5948. https://doi.org/10.18617/liinc.v18i1.5948



Comments


bottom of page