top of page

Novo texto do PL das Fake News exige responsabilidade de plataformas por conteúdos pagos

Jornal O Globo - 24 de abril de 2023



O relator do projeto de lei que trata do combate às fake news (PL 2630/20), deputado federal Orlando Silva (PCdoB-SP), afirma que até terça-feira apresentará à Câmara dos Deputados a nova versão do texto, que aumenta a pressão sobre as plataformas e exige que elas se responsabilizem por conteúdos pagos nas redes. Ontem, reportagem do Fantástico mostrou que criminosos estão usando as redes sociais para impulsionar anúncios falsos e aplicar golpes.


A reportagem mostrou ainda pesquisa da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) que mostrou como agem os criminosos que dão golpes usando conteúdos pagos. Usando nomes falsos em perfis inautênticos, o grupo encaminha as vítimas para sites onde acontecem golpes com pagamentos por Pix e o roubo de dados dos usuários.


Em um dos casos, os golpistas modificaram um vídeo do Jornal Nacional para noticiar um conteúdo falso. Nele, a informação veiculada era de que a pessoa que fizesse um Pix receberia de volta o dinheiro e que esse benefício não estava sendo divulgado pelo governo federal.


A pesquisa, que usou dados do próprio Facebook, identificou, desde janeiro, dez perfis que compraram 88 anúncios para impulsionando a mídia falsa. O grupo pagou R$ 28 mil ao Facebook para que os anúncios chegassem a grupos específicos. A estimativa da pesquisa é de que o golpe tenha alcançado um milhão e meio de pessoas.


Comentarios


bottom of page