top of page

O Impacto dos Algoritmos no Consumo de Música: uma revisão sistemática de literatura

Signos do Consumo




Os Sistemas de Recomendação (RS) são definidos como algoritmos que classificam e recomendam produtos culturais a partir de dados sobre as práticas e o comportamento dos usuários. O objetivo deste artigo é diagnosticar as consequências sociais e culturais dos algoritmos de recomendação de música como intermediários culturais on-line, examinando como e até que ponto eles afetam a percepção cultural, a classificação da música, a formação do gosto, o comportamento do ouvinte e as escolhas dos usuários.


Realizamos uma revisão sistemática da literatura para identificar e discutir a produção científica sobre as implicações sociais e culturais de tais algoritmos nas práticas de consumo de música. Foram obtidos 311 artigos a partir de pesquisas bibliográficas em nove diferentes bases de dados científicos.


Nossa análise crítica indicou quatro abordagens temáticas principais exploradas pela comunidade científica sobre esse tema entre 2000 e 2016: 1) O papel dos sistemas de recomendação na indústria fonográfica; 2) Impacto dos serviços de streaming no download de música; 3) Viés na classificação e recomendação de conteúdo; e 4) Consumo de música como recurso social.


Os resultados revelam a lógica da intermediação cultural via sistemas de recomendação no mercado da música: esses algoritmos influenciam, modelam e mapeiam os gostos e hábitos dos usuários em um ambiente aparentemente livre, diversificado e ao mesmo tempo personalizado.


 

Como citar: SANTINI, Rose Marie; SALLES, Debora. O impacto dos algoritmos no consumo de música uma revisão sistemática de literatura. Signos do Consumo, v. 12, n. 1, p. 83-93, 2020.


O Impacto dos Algoritmos no Consumo de Música - uma revisão sistemática de literatura
.pdf
Download PDF • 262KB

Comentarios


bottom of page