top of page

Senacon determina que Google e Facebook retirem anúncios falsos sobre o Voa Brasil



A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), em despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira (1º), determinou que as plataformas Google Brasil e Facebook Brasil retirem do ar anúncios fraudulentos sobre o programa Voa Brasil, uma iniciativa do governo federal para descontos em passagens aéreas, ainda não lançado.


A decisão da Senacon levou em consideração o levantamento do NetLab, laboratório vinculado à Escola de Comunicação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O estudo identificou que as fraudes relacionadas ao Voa Brasil são anunciadas pelo menos desde o dia 3 de outubro deste ano. No total, foram indicados 622 anúncios que envolvem 52 anunciantes e o redirecionamento para 43 sites golpistas.


“A pesquisa encomendada na NetLab diz respeito às notícias falsas, à desinformação, fraudes e golpes relativos ao programa do governo Voa Brasil, que sequer foi lançado. E são os mais diversos golpes que vêm trazendo prejuízos aos consumidores, enganados por anúncios publicados nessas plataformas digitais”, explica o secretário nacional do Consumidor, Wadih Damous.



Acesse o relatório


SENACON - Golpes, Fraudes e Desinformação na Publicidade Digital Desregulada
.pdf
Download PDF • 9.15MB


Σχόλια


bottom of page