top of page

Vazamento de documentos do Google revela bastidores e contradições de como são definidas as respostas do buscador

Jornal O Globo - 05 de junho de 2024



Como o Google faz exatamente para definir qual site aparece primeiro em um resultado na busca é um segredo guardado há um quarto de século. Documentos internos da empresa vazados na semana passada, no entanto, jogaram luz sobre o que determina como os links aparecem em uma pesquisa — e mostram que a empresa faz aquilo que dizia não fazer.


Contas ameaçadas: Hackers tentam sequestrar contas de marcas, veículos e celebridades no TikTok usando mensagens privadas. O compilado de 2,5 mil documentos internos, que foram tornados públicos por dois profissionais de SEO (sigla para a otimização de mecanismos de buscas) dão detalhes dos dados coletados pelo Google para definir o ranqueamento de informações na busca. São mais de 14 mil fatores levados em consideração.


O material fornece pistas de como opera um dos algoritmos mais poderosos da internet, o que influencia o tráfego de audiência para fontes de informações e também a taxa de cliques que chega para as empresas — e que potencialmente é revertida em lucro e em vendas.


Fernando Ferreira, doutor em inteligência computacional e pesquisador do NetLab da UFRJ, avalia que a transparência sobre como as ferramentas de busca funcoinam "é crucial" para garantir a privacidade dos usuários e garantia de cumprimento das leis de proteção de dados.





Comentários


bottom of page