top of page

Cortina de fumaça da extrema direita: conspiração ambiental e guerras culturais no YouTube do Brasil

Detendo a maior área de floresta tropical do mundo, o Brasil viu a adoção de uma agenda antiambiental de extrema direita sob a administração de Jair Bolsonaro. Esta agenda foi apoiada por uma infraestrutura transnacional de meios de comunicação de direita em plataformas online, incluindo o canal conservador do YouTube Brasil Paralelo.


Nossa pesquisa tentou compreender como as conspirações ambientais no documentário Cortina de Fumaça do Brasil Paralelo aproveitaram as vantagens da plataforma digital e o alinhamento político com o governo de extrema direita para ganhar adesão e relevância social.


Ao realizar modelagem de tópicos em mais de 13 mil comentários e análise de rede de 982 vídeos recomendados no YouTube, objetivamos analisar o seguinte:


  1. Quais narrativas fomentadas no documentário repercutiram entre o público que publicou comentários em sua página no YouTube e

  2. que tipo de vídeo o YouTube recomenda para os usuários que assistiram Cortina de Fumaça.


Os nossos resultados mostram que o discurso antiambiental de extrema direita é instrumentalizado como mais uma componente das guerras culturais modernas, em que as conspirações ambientais são colocadas lado a lado com outras reivindicações conspiratórias relativas a política, gênero, religião e outros assuntos ideológicos.


 

Como citar: Salles, D., de Medeiros, P. M., Santini, R. M., & Barros, C. E. (2023). The Far-Right Smokescreen: Environmental Conspiracy and Culture Wars on Brazilian YouTube. Social Media + Society, 9(3). https://doi.org/10.1177/20563051231196876





Commenti


bottom of page